Publicidade

Publicidade

Rádio Viva Brasil

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Agende já, a consulta do seu Pet, temos profissionais qualificados para lhe atender.

quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Em Natal

Polícias civis do RN e do Pará deflagram operação e prendem 14 suspeitos em Natal

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em ação conjunta à Polícia Civil do Pará (PCPA), deflagraram, nesta quarta-feira (27), a Operação “Perfídia III”, com objetivo de cumprir três mandados de prisões preventivas em Natal. 

Na ação, ocorrida no bairro de Ponta Negra, na zona sul da capital potiguar, foram detidos: Anilton da Silva Rodrigues, conhecido como “Nariz de Bruxa”, 43 anos, Jheymison Alves Rodrigues, conhecido como “Liro”, 24 anos, e Abel Josefson Rodrigues, conhecido como “Leão”, 23 anos. Durante as diligências, foram apreendidos, em posse dos suspeitos: dois notebooks, diversos aparelhos celulares, documentos, cadernos de anotações e dois relógios.

Anilton da Silva é apontado como um dos principais assaltantes de banco do Pará e chefe de uma organização criminosa. Em desfavor dele, existem diversos mandados de prisão em aberto. Além disso, ele foi autuado em flagrante por apresentar RG falso durante abordagem policial. 

No Estado do Pará, foram detidas outras 11 pessoas, totalizando 14 suspeitos presos durante a Operação “Perfídia III”, todos investigados por envolvimento com organização criminosa e o tráfico de drogas. Os suspeitos foram conduzidos até a delegacia e, em seguida, encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça. 

A operação faz parte da HÓRUS do programa V.I.G.I.A. da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (SEOPI/MJSP). A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou dos números da DEICOR: (84) 3232-2862 ou (84) 98135-6796 (WhatsApp).
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade