Publicidade

Publicidade

Ouça a Rádio Folha do RN

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Esquerda desmorona no Brasil

Justiça penhora faturamento do PT por calote de Dilma durante campanha

Uma nova má notícia para o Partido dos Trabalhadores (PT). A justiça de São Paulo decidiu penhorar 10% do faturamento mensal da sigla para o pagamento de uma dívida de campanha da ex-presidente Dilma Rousseff de 2014. A informação foi dada pelo colunista Rogério Gentile, do portal Uol.

De acordo com o veículo, o PT deixou de pagar R$ 183 mil para a empresa empresa A.J.M. de Azevedo Eletrônicos durante a reeleição de Dilma. O contrato foi assinado pelo diretório do partido em São Paulo com um valor de R$ 693 mil. No entanto, a sigla não pagou parte do estipulado, que em valores atualizados equivale a um calote de R$ 233, 9 mil.

O PT chegou a apresentar um recurso à Justiça dizendo reconhecer a dívida, mas afirmando que, por se tratar de um partido político, não deveria pagar multa, juros e correção monetária.

A Justiça, no entanto, negou o recurso e determinou a penhora devido ao partido não ter realizado os pagamentos mesmo após a condenação.

De acordo com o Tribunal de Justiça, o PT terá que apresentar um balanço financeiro à Justiça e depositar 10% do valor todo dia 10 até que a dívida seja paga.

Redação Folha do RN Por Terra Brasil 

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade