Publicidade

Publicidade

Ouça a Rádio Folha do RN

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Em Mossoró

Chamado de pobrezinho, Allyson gastou quase 6 vezes mais recursos próprios que Rosalba na campanha

O prefeito eleito de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade), foi chamado de ‘pobrezinho’ de forma irônica pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP), em Recife por uma piada que Allyson soltou durante debate eleitoral em Mossoró. Contudo, de acordo com a última atualização na prestação de contas dos candidatos, Alysson usou quase seis vezes mais recursos próprios do que Rosalba. A candidata à reeleição, no entanto, teve uma campanha mais cara.

Allyson se torna prefeito da segunda maior cidade do Rio Grande do Norte aos 28 anos. Com isso, deve renunciar ao mandato na Assembleia Legislativa

Deputado estadual, Allyson Bezerra gastou R$ 89 mil de seus próprios recursos na campanha. Ao todo, ele arrecadou R$ 325.100,00, sendo o partido Solidariedade o responsável pelo repasse de R$ 210 mil, entre recursos do diretório nacional, estadual e municipal da legenda.

Por outro lado, Rosalba, que foi governadora, senadora e prefeita de Mossoró por cinco oportunidades, empregou R$ 15 mil de recursos próprios em sua campanha. Ao todo, a candidata à reeleição conseguiu R$ 859.061,83, sendo R$ 675.500,85 repassados pelo Progressistas e R$ 20 mil pelo Republicanos.

“Pobrezinho”

Em debate realizado por emissora de TV em Mossoró, Rosalba Ciarlini respondia uma das perguntas quando, ao responder sobre o paradeiro de recursos públicos, chamou Allyson Bezerra de pobrezinho.

“Cadê esses R$ 12 milhões? Eu gostaria de dar todo ao senhor, que o senhor é tão pobrezinho que eu poderia lhe ajudar”, disse Rosalba, ironizando citações de Allyson Bezerra durante a campanha em que teria ressaltado a origem humilde.

Ao responder, no entanto, o candidato criticou o que chamou de preconceito por parte de Rosalba. “Primeiro eu quero responder ao preconceito da candidata Rosalba, que me chamou de pobrezinho. Esse preconceito é oriundo da oligarquia. Ela não suporta o fato de estar disputando a campanha pela primeira vez na história, de fato, com um candidato que não tem a quantidade de recursos que a senhora tem, não tem o poder que a senhora tem, e não teve, de fato, as facilidades na vida que a senhora sempre teve. Mas uma coisa, candidata Rosalba, eu tenho muito orgulho, do meu pai e da minha mãe. Eles são sérios, dignos, de fato são pobrezinhos mesmo como a senhora disse, mas uma coisa é certa: sempre me ensinaram a ter dignidade, a fazer a coisa certa. Eles nunca responderam nenhum processo na Justiça, assim como eu”, rebateu.

O vídeo do debate viralizou nas redes sociais e foi utilizado contra a candidata à reeleição, que liderava as pesquisas, mas terminou derrotada.

Eleição

Em uma das eleições mais apertadas da história recente de Mossoró, Allyson Bezerra venceu a disputa para a Prefeitura com 65.297 votos, 47,5% dos votos válidos. Rosalba Ciarlini ficou em segundo lugar com 42,9% dos votos, o equivalente a 59.034. Rosalba Ciarlini era a favorita para a reeleição no início da campanha eleitoral, mas perdeu o favoritismo na reta final com o crescimento do deputado do Solidariedade.

Em terceira, ficou a deputada estadual Isolda Dantas (PT), com 5,86% (8.051 votos). A ex-prefeita Cláudia Regina (DEM) terminou em quarto lugar, com 2.94% (4.046 votos). O quinto colocado foi o Professor Ronaldo (PSOL), com 0,44% (611 votos). A irmã Ceição (PTB) teve 0,28% (378 votos).

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade